Questões de Concursos

Limpar busca
Filtros aplicados
Concurso: Polícia Rodoviária Federal-PRF x
#127769
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

Considerando que os fragmentos de texto incluídos nas opções abaixo, na ordem em que são apresentados, são partes sucessivas de um texto adaptado (Internet: ), assinale a opção em que foram atendidas as normas da língua padrão escrita.

  • a) À proporção em que o Império Romano conquistou territórios, as novas províncias seriam contempladas com estradas, as quais eram construídas com base em esquema já adotado em outras localidades.
  • b) No auge da dominação dos romanos, na região mediterrânea o principal complexo viário do Império, media, inclusive com as estradas marginais, aproximadamente 150.000 quilômetros.
  • c) Os comerciantes romanos vislumbram a vantagem dessa obra para o desenvolvimento comercial e diferente de outros povos do Mediterrâneo, utilizaram as estradas para aumentarem o lucro de sua atividade.
  • d) Esse fato incrementou as transações comerciais no interior continental, o que acarretou vigorosa expansão mercantil do Império Romano e comércio especializado em determinados produtos.
  • e) O comércio dos romanos, que, no passado, fora realizado, unicamente por meio de portos, passaram a dedicar-se principalmente, a venda de produtos alimentícios, dentre os quais destacam-se vinho, azeite, cereais, carnes, entre outros.
#127768
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

Assinale a opção em que o trecho apresentado atende plenamente às normas gramaticais.

  • a) Até 400 a.C., os romanos utilizavam caminhos de terra para deslocar-se da sua capital as cidades vizinhas. O ataque gaulês de Breno, em 390 a.C., que se revelou desastroso para os romanos, mostrou a ineficácia do sistema defensivo de Roma, devido principalmente a lentidão de movimentação das tropas sobre o que eram apenas caminhos pouco aptos para eles se moverem.
  • b) A necessidade de melhor defesa, associada à vontade de expansão e de hegemonia sobre a Itália, levou a República Romana, ainda frágil e ameaçada, a pôr em questão estruturas escassamente adaptadas a esses desejos. Eram necessárias rotas sólidas que permitissem a circulação mais rápida e segura, mas, sobretudo, que facilitassem a mobilidade das tropas.
  • c) A primeira via em território do Império Romano foi criada em 312 a.C. por Ápio Cláudio Cego, para unir Roma à cidade de Cápua e fora denominada Via Ápia. Em finais da República, o conjunto do território da península italiana estava dotada com grandes arterias, ostentando cada rota o nome do censor que a criara. Essas vias não estavam pavimentadas, salvo no interior das cidades.
  • d) Os romanos destacaram-se como engenheiros. Suas obras estenderam-se por todo Império, e grande parte da divulgação se deveu a extensa rede viária. Apesar de não oferecer o conforto do asfalto dos dias de hoje, dado que as rochas de basalto não proporcionam grande continuidade e suavidade ao terreno, a verdade é que, essas rochas encontram-se 2.000 anos depois, ainda bem fixadas nos percursos.
  • e) O fato de as rochas das vias romanas estarem fixas até hoje devese, provavelmente, a técnica de preparação do terreno, no qual eram colocadas várias camadas de materiais para assegurar a sua estabilidade e, só no final, era feito, com as rochas, a cobertura. Essas vias são, atualmente, protegidas como patrimônio mundial. A grande extensão da cobertura oferecida pelas estradas romanas deu origem ao ditado popular "todos os caminhos levam à Roma". Opções adaptadas de Internet: .
#127767
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

Assinale a opção correta a respeito de elementos de coesão do texto.

  • a) No período "E o céu, dos homens" (l.2), a vírgula foi empregada para indicar a oposição dos termos "céu" e "homens".
  • b) O emprego de Naquele mundo, em vez de "Nesse mundo" (L.5), seria mais adequado, visto que o pronome se refere a um mundo muito remoto.
  • c) Na linha 7, a referência do pronome "sua" é o termo "pessoas".
  • d) Nas linhas 10 e 12, o emprego das expressões o primeiro e o segundo no lugar, respectivamente, de "um" e "outro" tornaria o texto mais claro.
  • e) A expressão "fazê-lo" (L.24), que, no texto, tem o sentido de apagar o Sol, é recurso coesivo utilizado para se evitar a repetição de uma oração.
#127766
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

Assinale a opção em que é apresentado resumo do primeiro parágrafo do texto de acordo com a técnica de resumo de frases e textos.

  • a) Em um mundo sem energia elétrica e quase sem tecnologia, os homens atribuíam ao céu o poder de lhes determinar a sobrevivência, o que os tornava mais próximos do céu do que são atualmente.
  • b) Nos primórdios da humanidade, quando os homens usavam apenas arados, espadas e algumas ferramentas, os homens sabiam que, diferentemente do que ocorre hoje, dependiam da clemência do céu e da regularidade das tempestades.
  • c) Há muitos e muitos anos, quando ainda não estava disponível a energia elétrica e quando a tecnologia era muito atrasada e pouco útil, os homens valorizavam muito o que observavam de regularidade no céu porque era ele que lhes indicava se a sobrevivência deles corria risco.
  • d) Os homens já viveram mais próximos do céu do que vivem nos dias atuais. Isso aconteceu porque não se usava luz elétrica nem havia toda a tecnologia atual. Naquela época, os homens respeitavam o céu, porque não sabiam defender-se de tempestades.
  • e) Num passado remoto, as únicas tecnologias que os homens dominavam eram o arado e metais de ferramentas e espadas. Não havia luz elétrica nessa época e, por isso, o céu era observado apenas à noite, quando os homens temiam os fenômenos inesperados. Isso os aproximava e garantiu a sobrevivência da espécie humana.
#127765
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

Considerando que os fragmentos de texto incluídos nas opções abaixo, na ordem em que são apresentados, são partes sucessivas de um texto adaptado de Marcelo Gleiser, assinale a opção em que, no fragmento adaptado, foram atendidos plenamente os preceitos de clareza e correção gramatical.

  • a) Em maio de 2008, dois astrônomos publicaram um estudo que argumentava que a Odisséia, famoso poema de Homero, faz referência a um eclipse que ocorreu de fato no mar Egeu dia 16 de abril de 1178 a.C. A idéia não é nova, tendo sido proposta há cem anos atrás por astrônomos interessados em datar o saque de Tróia e o retorno do herói Odisseu (Ulisses, para os romanos) para a sua adorada (e extremamente paciente) Penélope, que esperou por ela por dez anos.
  • b) A novidade do novo trabalho é a confluência de outros eventos astronômicos, já anteriormente mencionados e ocorridos, que apoiam a tese de que Homero tinha o eclipse, em mente, quando escreveu as famosas linhas: "O Sol sumiu do céu e uma escuridão funesta cobriu tudo!"
  • c) Vasculhando o texto de Homero famoso, os astrônomos encontraram referências a lua nova, condição básica para um eclipse total, as estrelas usadas por Odisseu para orientar-lhe no retorno à casa e à aparição de Vênus logo após a chegada em Ítaca.
  • d) O mais fascinante da descoberta é que Homero supostamente escreveu a Odisséia no final do século 8.o a.C., mais de 400 anos após o evento, onde não existia quaisquer relatos de eclipses datando do século 8.o a.C. (se existiram, foram perdidos). O fato de Homero ter mencionado o eclipse mostra que o imenso efeito que provocava o fenômeno, cujo o terror que despertou ficou gravado na memória coletiva e passado oralmente às gerações futuras até chegar nos ouvidos do poeta.
  • e) A descoberta dos astrônomos confirma a idéia de complementaridade entre ciência e arte, visto que o poeta, em seu texto, referiu-se alegoricamente a um fenômeno celeste para tornar mágico um momento extremamente dramático da trama narrativa, e a descrição da regularidade do céu nas leis de gravitação de Newton permite que o passado celeste seja conhecido em detalhes.
#127764
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

De acordo com o texto, o andarilho

  • a) percebe que as pessoas dos lugares aonde chega têm expectativa do aparecimento de um salvador, mas ele mantém-se alheio às crenças locais.
  • b) dispensa qualquer tipo de relação com os habitantes dos lugares por onde passa porque não é "um idiota programado".
  • c) não cumprimenta os moradores do lugar onde "arrancha" porque se mantém alheio e considera enfadonho o ato social do cumprimento.
  • d) é um cidadão típico que inspira todos os jovens que já nasceram valorizando a natureza e cultuando a inocência.
  • e) manifesta atitudes infantis que contrastam com sua aparência robusta porque sua meta é ser ninguém em um mundo que só conhece o ter.
#127763
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

Utilizando a função poética da linguagem, o autor do texto

  • a) faz apologia do modo de vida do andarilho e, conseqüentemente, de todos aqueles que desprezam o trabalho.
  • b) critica os valores de indivíduos que compõem a sociedade atual ao contrapor-lhes a beleza que percebe na figura do andarilho.
  • c) apresenta a figura idealizada do andarilho, buscando convencer o leitor a se solidarizar com pessoas à margem da sociedade e a lhes oferecer emprego.
  • d) descreve um andarilho cujo objetivo "é ser ninguém", para ressaltar a influência desse tipo social no movimento tanto de jovens que romperam com os valores sociais estabelecidos quanto dos jovens consumistas.
  • e) desaprova o modo de vida do andarilho, como comprova o trecho "Vagabundear é virtude atuante para ele".
#127762
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

Do texto I, considere apenas o trecho: "...o caminhão com placa do Rio Grande do Norte, o qual a Polícia recolheu ao depósito, colidiu com o carro". Em relação ao termo "o qual", é correto afirmar que

  • a) promove a coerência textual apontando o termo que o precede, sendo portanto catafórico.
  • b) é tido como sujeito da frase, uma vez que substitui tal termo.
  • c) pode ser substituído por "cuja" sem comprometer a coesão textual.
  • d) é pronome relativo e pertence à segunda oração do período destacado.
  • e) é pronome relativo, portanto, não poderia referir-se a um substantivo.
#127761
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

Em relação à manutenção da coesão e coerência do trecho "Ao Hospital Regional de Salgueiro as vítimas do referido acidente foram levadas", pode-se afirmar que

  • a) há manutenção da coesão e coerência textuais desfavorecidas pelo emprego da voz passiva.
  • b) é sujeito paciente o termo "as vítimas", como comprova a concordância de "serem levadas
  • c) realizando os ajustes necessários, a expressão "foram levadas" seria erroneamente substituída por levaram-se.
  • d) há inversão da ordem direta da oração, ocasionando incoerência textual e ambiguidade.
  • e) é incoerência textual alocar adjunto adverbial no início do período construído na voz passiva.
#127760
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

Reescrevendo-se trechos do texto I, indicados entre parênteses, há correção ortográfica no item

  • a) "Uma colisão,..., há 530km do Recife."(linhas 1 e 2)
  • b) "O motorista do caminhão também falesceu no local do acidente" (linhas 6 e 7)
  • c) "...um caminhão foi de encontro a um veículo..."(linha 1)
  • d) "Entre eles estavam proficionais responsáveis" (linhas 5 e 6)
  • e) "Segundo relatorios da Polícia Rodoviária Federal" (linha 4)
#127759
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

Observe o trecho de "O Cortiço", de Aluísio de Azevedo:

"Eram cinco horas da manhã e o cortiço acordava, [...]. Um acordar alegre e farto de quem dormiu de uma assentada sete horas de chumbo."

Seu autor utiliza o seguinte recurso estilístico:

  • a) eufemismo.
  • b) gradação.
  • c) comparação.
  • d) antítese.
  • e) personificação.
#127758
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

No afã de manter a elegância textual e a correção na utilização dos tempos e ortografia verbais, policial em rodovia diz a um companheiro de trabalho: "Na rodovia, ...... com ...................... e agilidade quando ........ pessoas que necessitem de seu auxílio".

O item que completará adequadamente o período selecionado é:

  • a) haja, descrição, ver.
  • b) aja, descrição, vir.
  • c) haja, discrição, ver.
  • d) aja, discrição, vir.
  • e) aja, discreção, ver.
#127757
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

Assinale a alternativa em que a reescritura do trecho "'Dos entrevistados, 84% afirmaram sentir raiva enquanto dirigem. Pessoas que tinham mais tempo de habilitação e dirigiam com maior frequência cometiam mais erros e eram mais agressivas', diz Cláudia." mantém a correção gramatical e não compromete o sentido original.

  • a) A maioria dos entrevistados afirmou que sente raiva enquanto dirige. Pessoas mais experientes na condução de veículos automotivos cometem mais erros e são mais agressivas.
  • b) 84% dos entrevistados afirmou que sentem raiva enquanto dirigem. Pessoas, que tinham mais tempo de habilitação e dirigiam com maior frequência, cometiam mais erros e eram mais agressivas.
  • c) Dos entrevistados, 84% afirmou que sentem raiva enquanto dirigem. Pessoas que tinham mais tempo de habilitação e dirigiam com mais frequência cometiam mais erros e eram mais agressivas.
  • d) Dos entrevistados, 84% afirmou que sente raiva enquanto dirige. Pessoas com mais tempo de habilitação e que dirigiam com mais frequência, cometiam mais erros e eram mais agressivas.
  • e) A maior parte dos entrevistados afirmou que sente raiva enquanto dirigem. Pessoas que dirigiam com mais tempo de habilitação frequentemente cometiam mais erros.
#127756
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

No trecho "O psiquiatra forense Everardo Furtado de Oliveira afirma que é possível prevenir uma briga, evitando, por exemplo, contato de olhos com o condutor agressivo", verifica-se o emprego do infinitivo verbal, cujo papel gramatical é

  • a) indicar tempo futuro hipotético.
  • b) condensar a estrutura de sua oração.
  • c) caracterizar a opinião do psiquiatra.
  • d) reforçar o caráter atemporal da condução agressiva.
  • e) manter a clareza e originalidade.
#127755
Concurso
Polícia Rodoviária Federal-PRF
Cargo
Policial Rodoviário Federal
Banca
FUNRIO
Matéria
Português
Tipo
Múltipla escolha
Comentários
Seja o primeiro a comentar
fácil

(1,0)

Assinale a alternativa em que se encontra o mesmo recurso de linguagem empregado em "o carro não é o escudo protetor que se supõe".

  • a) O Brasil quer ver o alto índice de acidentes de trânsito diminuir.
  • b) Prevaleceu no caso a sua vontade de ferro.
  • c) Precisamos proteger as árvores e os rios.
  • d) As folhas finas fazem felizes os homens.
  • e) Tudo que sei é que nada sei.